Monday, October 22, 2007

Sexta à noite

O Lounge acolheu dentro de si um pequeno furacão frenético que contagiou quem estava lá dentro - totalmente possuído pelo som - e quem estava cá fora - que nao tirava os olhos lá de dentro. Não conhecia, mas fiquei a conhecer, e devo dizer que passado o choque inicial, o ritmo entra no sistema e flui com bastante facilidade. Alguém conhece os Kap Bambino? (à falta de outra coisa, fica aqui este vídeo..)

2 comments:

Antonio Rebordao said...

Uma boa surpresa... Um ritmo frenético que se coaduna com uma atitude energética em "palco". Mais uma vez se confirma que quem ouve/ouviu Slayer arrisca-se, tarde ou cedo, a sofrer efeitos colaterais :-)

Cordonbleu said...

Sim, frenético seria mesmo a minha escolha como palavra para definir este som. ;)